Cerca de 47% dos pacientes de asma não fazem uso regular de remédios para prevenir crises

Uma pesquisa intitulada “A asma na visão e na vida dos brasileiros”, apontou que falta conscientização sobre os riscos da doença e da importância do tratamento crônico para prevenção das crises nos brasileiros. O levantamento foi realizado pela Abril Inteligência com apoio da AstraZeneca, da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai), Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) e Global Initiative for Asthma (Gina).

 

A pesquisa apontou ainda que o desconhecimento sobre quais são os sintomas, causas e tratamentos da doença é grande entre as pessoas que não possuem a doença, e até mesmo entre os portadores de asma. Entre os não asmáticos, 49% afirmaram sentir algum sintoma associado ao diagnóstico da asma, mas mesmo assim não procuraram um médico².

 

No que diz respeito as crises, 70% das pessoas que não tem asma afirmaram não saber o que fazer com um paciente no caso de uma crise. O índice passa para 32% entre os portadores da doença. O estudo ainda indicou que apesar de 31% dos pacientes afirmarem que consideram estar com a doença totalmente controlada, grande parte segue relatando sintomas persistentes e característicos de uma crise, como dificuldade para respirar, tosse e chiado.

 

A asma é uma doença caracterizada por uma inflamação crônica das vias aéreas, tendo a falta de ar, chiado e aperto no peito, respiração curta e rápida como principais sintomas, que costumam ser piores à noite ou pela manhã, e são desencadeados, com frequência, pela prática de exercícios físicos, exposição a alérgenos, poluição ambiental e mudanças climáticas. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com