CBF proíbe comercialização de versão vermelha da camisa da Seleção Brasileira




A versão da camisa da Seleção Brasileira na cor vermelha, criada pela designer Luísa Cardoso, foi proibida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Além da cor, o traje apresentava o logo da CBD, antiga CBF, de um lado e o símbolo do comunismo do outro.

A CBF notificou Luísa Cardoso judicialmente comunicando a proibição da comercialização do produto, já que seu logo é protegido por direitos de marca. A CBF  pediu também que as imagens da camisa fossem retiradas das redes sociais. Em entrevista ao blog Vitrine, do Uol, Luísa acatou a ordem.

A ideia de Luísa é criar uma versão alternativa da camisa do Brasil, mas sem usar o brasão oficial para poder comercializá-la.

Foto: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *