Áudio que relata testagem massiva para a Covid 19 em Valença e ataca imprensa é Fake News

A Prefeitura de Valença emitiu uma nota de esclarecimento sobre um áudio divulgado no WhatsApp em relação a uma testagem massiva para a Covid 19 na cidade. Com duração de 1min35s, o autor do áudio ataca a imprensa pela não divulgação a sociedade e relata que o número de testes positivos nos Postos de Saúde da Família elevariam os registros da doença para cerca de 200 casos.

Neste sábado (6), o boletim epidemiológico da cidade de Valença registrou 145 casos para a doença. Deste total, 20 se recuperaram, 119 estão em isolamento domiciliar, dois estão hospitalizados e quatro faleceram.

Em nota, a Prefeitura de Valença alertou que a afirmação é uma Fake News e informou que os testes disponibilizados foram para os profissionais envolvidos direto ou indiretamente na pandemia. Confira nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO MUNICÍPIO DE VALENÇA

Visando promover a prevenção de servidores públicos que estão direta, ou indiretamente envolvidos no combate ao coronavirus, o município de Valença, através do Programa Saúde do Trabalhador, decidiu testar para diagnosticar a Covid – 19, cerca de 400 servidores públicos municipais que estão trabalhando no combate a pandemia, além de disponibilizar testes para os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Valença. As ações acontecem nos locais de trabalho dos servidores, como postos de saúde e outros ambientes de trabalho.

Alertamos que um áudio que está circulando em redes sociais com supostas testagens na população em geral em postos de Saúde é FAKE NEWS. Ressaltamos que as testagens de pessoas com sintomas da Covid -19 continuam sendo realizadas no Centro de Referência (Centrinho), local destinado para o acolhimento dessas pessoas.

É importante ressaltar que a criação e disseminação de notícias falsas sobre epidemias, endemias e pandemias pode ser punida com multa, que varia entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. Essa multa está regulamentada na lei nº 14.268.

O Atualiza Bahia repudia também o ataque a imprensa. Temos o dever de divulgar as ações de interesse público; antes, analisá-las para repercuti-las. A Covid 19 é uma doença nova e informações aparecem constantemente. Neste momento que passamos com a pandemia do novo Coronavírus verificamos mais ainda a importância do trabalho dos meios de comunicação na difusão das informações. Não estamos contra a população.

Atualiza Bahia

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close