Após vencer a Covid-19, Ivan Costa tem alta hospitalar em Valença

por Joberth Melo | Atualiza Bahia

Ivan Costa recebeu alta da Santa Casa nesta segunda-fera (31) após passar por tratamento e vencer a Covid-19. O radialista da Valença FM chegou a unidade hospitalar com o pulmão bastante lesionado por conta da Covid-19. Segundo ele, após esse período de recuperação, só há agradecimentos.

“Agradeço de todo o meu coração primeiramente à Deus, por ter me dado essa nova oportunidade de vida. Quero agradecer a minha família, minha mãe, meu filho, pela força, oração e incentivo de fé. A Larissa e Adiellen pelo cuidado durante esses dias e por terem tomado a iniciativa de me trazer logo para a Santa Casa”, lembrou.

A alta foi momento de festa para ele e para os funcionários da unidade hospitalar. Um cartaz demonstra a vitória contra o vírus, que no Brasil já atingiu mais de 3,8 milhões de pessoas e culminou em cerca de 120 mil mortes, até o fechamento desta matéria.

“Deus colocou só anjos na minha frente, e eles existem, e estão trabalhando diurnamente nos hospitais e postos de saúde. Eu tive a sorte de tê-los aqui comigo na Santa Casa. Agradeço imensamente a todos. E agradeço começando lá por baixo, desde a equipe do Centrinho pelo primeiro e fundamental apoio, e a toda a Santa Casa. Começo agradecendo ao pessoal da portaria, da limpeza, a equipe da rouparia, ao pessoal da nutrição/cozinha, a todas as enfermeiras e enfermeiros, fisioterapeutas, equipe técnica, assistentes sociais, médicos e médicas, aos biomédicos à direção e ao provedor. A Santa Casa é uma Instituição de fundamental importância para toda a nossa região. Que Deus continue protegendo, e abençoando a todos os heróis da saúde, particular e pública em especial. Vocês são anjos e merecem todo nosso respeito. Vida longa a todos”, citou.

Quem passou pela doença tem domínio para falar. “É uma doença muito seria, e essa é a prova de que não escolhe a quem vai atingir, podendo ser moderado, leve ou forte. Estamos sujeitos a ela, é uma realidade que está aí, e que é preciso ter muito cuidado para não passarem pelo mesmo que eu passei. Essa doença não escolhe idade, gênero nem classe”, alerta Ivan.

Atualiza Bahia

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close