Após usar 36 atletas, Tite decide entre três que somam 83 minutos

por Folhapress

Tite rodou consideravelmente os jogadores da seleção brasileira nos dez meses de trabalho desde a eliminação na última Copa do Mundo. Foram 36 os atletas utilizados nos oito amistosos realizados após o Mundial de 2018.

A lista ainda pode crescer na convocação para a Copa América, marcada para as 11h (de Brasília) desta sexta (17). Até quem ainda nunca jogou pela equipe verde-amarela tem chance de ser chamado, caso de Vinicius Júnior, 18, do Real Madrid.

Também estão na briga atletas que atuaram pouco mais do que Vinicius. Lucas Moura, 26, esteve em campo apenas no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, em outubro, chegando a 50 minutos com os acréscimos. David Neres, 22, jogou menos: 33 minutos no triunfo por 3 a 1 sobre a República Tcheca, em março.

O trio totaliza, portanto, apenas 83 minutos pela seleção desde a Copa. E, com Tite de olho em opções que possam desequilibrar a marcação pelas pontas, é quase certo que ao menos um deles será levado para a disputa da Copa América.

“Falamos aos atletas: ‘Joguem muito em seus clubes’. Vamos acompanhar, monitorar, e o momento deles vai ser determinante”, afirmou o treinador.

Foi o que fez Lucas, que já era dado como carta fora do baralho, mas ressurgiu com uma atuação histórica. Ele fez os três gols da vitória por 3 a 2 sobre o Ajax, de virada, e colocou o Tottenham na final da Liga dos Campeões.

Já Neres, que não defendeu seu Ajax nesse jogo por lesão, tem como trunfo o ótimo aproveitamento que teve em seu tempo limitado na seleção. Em pouco mais de meia hora, ele participou bem dos dois lances que definiram o triunfo sobre os tchecos no último amistoso antes da convocação para a Copa América.

O paulistano só teve a chance de atuar porque Vinicius Júnior fora cortado daquela partida por lesão. Vinicius não teve, portanto, a oportunidade de estrear no time verde-amarelo, o que não o impediu de vestir a camisa.

Foi o atacante do Real Madrid o modelo escolhido para fazer a apresentação dos novos uniformes da equipe nacional. E isso significa que o garoto vai jogar a Copa América, Tite?

“Significa que se ele jogar muito e for convocado, sim”, sorriu o comandante, no lançamento da roupa, há pouco mais de um mês.

A lista a ser divulgada na sexta não tem tantas certezas. Os goleiros Alisson e Ederson, o zagueiro Marquinhos e os meio-campistas Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho parecem ser algumas delas.

Marquinhos, já deixou claro o treinador, é o pilar de sua defesa. Mais novo do que os titulares do time na última Copa -Thiago Silva, 34, e Miranda, 34-, o beque de 25 anos foi titular em sete dos oito amistosos realizados desde a Copa. O paulistano acumula 658 minutos em campo nessas partidas, o que faz dele o líder nessa contagem.

Já Neymar acumulou 466 em seis jogos e ficou fora dos dois últimos por lesão. Depois disso, teve um episódio marcante de indisciplina, dando um soco em um torcedor após derrota na França -episódio que certamente renderá perguntas a Tite, seja qual for sua posição em relação ao atacante na convocação.

Arthur (504), Casemiro (468), Roberto Firmino (456) e Philippe Coutinho (434) também estão com a milhagem alta no pós-Mundial. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com