Após acompanhamento tático, PRF e PM apreendem Voyage roubado lotado de maconha

Os números positivos na apreensão de drogas são um reflexo da estratégia da instituição em investir em tecnologia, integração com as forças policiais e capacitação profissional no combate ao narcotráfico.

Policiais rodoviários federais em ação conjunta com a Polícia Militar da Bahia apreenderam no início da tarde desta segunda-feira (09), em Itabuna (BA), aproximadamente 150 quilos de maconha. A droga estava acondicionada em 192 pacotes sobre o assoalho, bancos e porta-malas de um VW/Novo Voyage roubado.

O motorista não obedeceu à ordem de parada dada pelos policiais no Km 61 da BR 101 e fugiu em alta velocidade, colocando em risco a segurança de todos. De imediato a equipe iniciou o acompanhamento tático e solicitou apoio de uma guarnição da Polícia Militar (PM), que prontamente diligenciaram a fim de interceptar o veículo suspeito.

O carro foi localizado em uma estrada vicinal na localidade conhecida por ‘Volta da Cobra’. O suspeito fugiu, provavelmente embrenhando-se no mato e até o momento não foi encontrado.

Em seguida foi realizada vistoria minuciosa no automóvel, foi quando os policiais encontraram os 149,5 quilos de maconha dentro do Voyage.

Após verificação nos elementos de identificação veicular e consulta ao sistema de dados da PRF, os agentes descobriram se tratar na realidade de um carro roubado em novembro/2019, na cidade do Salvador (BA). O veículo estava com placas trocadas para tentar ludibriar fiscalizações da polícia.

O veículo e o entorpecente foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Itabuna. Buscas estão sendo realizadas na região, na tentativa de localizar o suspeito.

RECORDE HISTÓRICO

O volume de drogas apreendidas pelos policiais rodoviários federais no ano passado saltaram de 6 toneladas em 2018 para quase 17 toneladas em 2019. Deste total, 15,3 toneladas são de maconha; 1,3 tonelada de cocaína; e 123 quilos de crack. No ano de 2018, foram apreendidos 5,8 toneladas de maconha; 309 quilos de cocaína; e 138 quilos de crack. Os números apresentados em 2019 representam um aumento de 161% de maconha e de 318% na apreensão de cocaína, quando comparados a 2018. Esse volume é o maior de toda a série histórica de drogas retiradas de circulação da PRF no estado.

A PRF apertou o cerco ao narcotráfico e alguns fatores contribuíram para esses resultados como o investimento na capacitação do efetivo, a implementação da tecnologia, a utilização de cães farejadores, as ações integradas com outras forças policiais e o aumento das ações de inteligência. *PRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close