Após 4 meses fechados, shoppings e comércio de rua de Salvador são autorizados a reabrir

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou, nesta quinta-feira (22), que as atividades econômicas na capital baiana vão começar a ser retomadas na sexta-feira (24). Em coletiva de imprensa, ACM Neto informou que a fase 1 será ativada porque a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que está em 73%, se manteve menor que 75% nos últimos cincos dias.

“Tínhamos estabelecido no protocolo de reabertura que a fase 1 deveria ter pelo menos cinco dias com uma taxa menor ou igual a 75%. Hoje tem 73%. Caso haja um aumento, só haverá retrocesso. As lojas e shoppings só fecham se a taxa chegar a um patamar superior a 80%. A margem de segurança é até 80% de ocupação. Em muitos lugares houve um aumento, mas depois se estabilizou”,disse o prefeito.

Nessa primeira fase, shoppings e lojas do comércio de rua, que estão fechados desde 21 de março, por causa da pandemia do novo coronavírus, vão reabrir as portas após 4 meses.

“A partir de amanhã, capitaneada pela Sedur, vamos fiscalizar a reabertura dos shoppings e dos estabelecimentos comerciais e as igrejas, porque os protocolos foram apresentados com antecedência e eles nos ajudaram a construir. Cedemos a apelos dos comerciantes e empresários, mas, se cada um não fizer sua parte, corre o risco de abrir e depois a taxa voltar a crescer, e se ela passar de 80%, tem que fechar de novo. Não quero nem pensar nisso. Confio no trabalho que fizemos até aqui”, concluiu.

O prefeito de Salvador também anunciou que a frota de ônibus vai subir para 70%, com 1.514 coletivos. ACM informou que os ônibus terão a frota maior entre 5h e 8h (Pico 1); 8h e 12h (Pico 2), e 15h e 21h (Pico 3).

“Três picos porque dividimos o horário de funcionamento para não ter a concentração em um só pico. O comércio de rua vai ter horário. Esses horários foram pensados para não gerar coincidência das atividades entre si e com as outras atividades. Quando for ativada a próxima fase, vamos anunciar novos picos”, afirmou o prefeito.

“Vamos avaliar o comportamento do transporte público. Ninguém vai ser hipócrita e dizer que estamos inteiramente protegidos de que não haverá ônibus cheios. Fazemos a fiscalização em estações, mas não estamos nos bairros”, disse.

Na noite desta quinta, alguns logistas já preparavam as lojas dos shoppings para receber clientes.

“Estamos preparados para reinauguração. De certa forma é um reencontro, depois de tanto tempo separado”, disse o dono de um loja que fica em um shopping do bairro da Barra, Mateus Medeiros. *G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popups Powered By : XYZScripts.com
Close