Agronegócio representa cerca de 49% das exportações baianas em setembro

Com 685,6 mil toneladas, o agronegócio representou 48,5% do total das exportações baianas no mês de setembro. O valor total das exportações foi de US$ 728,7 milhões, sendo US$ 353,3 milhões provenientes do agronegócio.

De janeiro a setembro deste ano, a Bahia exportou US$ 3,03 bilhões em mercadorias do agronegócio, o que representa um crescimento de 7,4% em relação ao mesmo período de 2017. As informações são da assessoria econômica da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb).

Entre os setores com maiores participações para esse resultado positivo estão o complexo soja (14% de aumento) e produtos florestais (16,6%). Outros setores também apresentaram crescimento significativo, entre eles os produtos hortícolas e leguminosas (1.012,2%); produtos oleaginosos – exclui soja – (74,2%); e carnes (70,2%).

A China é o principal parceiro comercial das exportações do agronegócio da Bahia. No acumulado do ano foi exportado cerca US$ 1,63 bilhão para esse país, representando 54% do valor total do segmento.

O segundo maior destino foram os Países Baixos, com US$ 167,4 milhões e 5,5% de participação. A França vem em terceiro lugar, com US$ 150,7 milhões e 5% do total, seguido da Coréia do Sul com US$ 147,7 milhões e 4,9% na participação.

Balança comercial

De acordo com a Faeb, a balança comercial da Bahia apresentou saldo positivo de US$ 14,6 milhões. No agronegócio, o superávit foi de US$ 307,5 milhões. Na comparação com o mês de setembro do ano anterior, as exportações do agronegócio tiveram redução 13,1%.

Essa diminuição foi reflexo, principalmente, da queda das exportações com “Complexo Soja” (-5,3%) e do segmento “Produtos Florestais”, que caiu 1%. Esses dois setores juntos representaram 73% das exportações do setor em setembro. *A informação é do G1.

Foto: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *