Jovem preso suspeito de roubo é solto; família diz que ele foi confundido e protesta

A família de Gabriel dos Santos Silva, 23 anos, preso suspeito de roubar um carro em Salvador, disse que ele foi solto na manhã deste domingo (14), após uma liminar da Justiça. Os familiares e amigos de Gabriel afirmam que ele foi preso por engano e fazem protesto em frente ao Tribunal da Justiça, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Os familiares também chegaram a protestar no sábado (13). Eles disseram que o rapaz foi apontado pelo marido da vítima, que foi até o local, viu Gabriel e apontou como um dos suspeitos que roubou o veículo da esposa dele. Segundo os familiares, o jovem estava em frente a uma agência no CAB para sacar o seguro-desemprego, na última sexta-feira (12).

A família afirma que o jovem foi confundido por ter características do suspeito de roubo apontadas como preto, cabelo loiro e tatuado. Os familiares de Gabriel disseram que ele pintou o cabelo de loiro na quinta-feira (11), um dia depois do crime que aconteceu na quarta (10), no CAB.

Ainda segundo os familiares, o jovem trabalhava como estoquista em uma loja de eletrodomésticos e não tem passagem pela polícia. Eles disseram que o rapaz não sabe dirigir e as testemunhas que estavam no local não o reconheceram como o suspeito.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que Gabriel dos Santos Silva foi preso em flagrante por extorsão. O órgão disse que o jovem cobrou R$ 1 mil para devolver o carro roubado por ele.

Conforme informações dos familiares, vai acontecer um protesto por volta das 10h deste domingo, em frente à Vara Criminal da Justiça, no CAB. *G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close